ELPR

O ELPR (Estoque, Livros, Pagar e Receber) gerencia as entradas, facilitando a digitação de dados e integração com aos processos Fiscais, Gerenciais, Contábeis e também com os demais módulos do Sistema ERP Jotec.

As informações de entrada são totalmente relevantes para controle de estoque, financeiro-contábil, produção e os demais setores da empresa.

Com a gestão interna do software e exigência fiscal, as notas são recepcionadas e validadas junto á SEFAZ.

Funcionalidades:

  • Entradas de Notas Fiscais dos Fornecedores

É extremamente prática a entrada de Notas Fiscais dentro da empresa, com a opção de gestão das entradas de Notas Fiscais. De forma ágil, o usuário realiza a entrada do seu material, com opções de entradas através de pedidos de compra, entrada via arquivo XML e até mesmo entrada manual de Notas Fiscais.

  • Entradas de Notas por Captura VIA XML

Quando a Nota Fiscal é transmitida pelo fornecedor, automaticamente é emitido uma DANFE em arquivo PDF e um arquivo em formato XML. Este arquivo XML quando enviado para a empresa solicitante da compra, automatiza suas entradas de forma confiável e prática, pois ao dar entrada do arquivo XML, ele alimenta todos os campos obrigatórios da entrada, informações fiscais armazenando movimentações dos produtos com suas devidas rastreabilidades, possibilitando os relacionamentos entre código dos produtos do fornecedor e códigos de produtos internos.

  • Entradas de Notas por Pedidos de Compra

Quando a empresa emite um pedido de compra e o fornecedor não envia o arquivo XML para a entrada automática, o sistema oferece outro meio que automatiza os processos de entrada da Nota Fiscal, com o número do pedido de compra ele sugere todos os dados inseridos na compra, no momento da entrada.

  • Bloqueio de Entrada sem Pedido de Compra

Para clientes que trabalham com a regra de entrada de notas totalmente vinculados a pedidos de compras, o sistema disponibiliza uma trava que não permite que seja efetivada a entrada sem pedido de compra, caso a entrada for diferente da regra estabelecida, não será efetivada a mesma

  • Entrada de Notas Fiscais Manuais 

Para as empresas que não utilizam os processos de entrada por pedido de compra ou por captura via XML, o processo de entrada torna-se prático, pois ao inserir um dado de produto ele sugere dados previamente cadastrados. 

  • Devolução de Vendas 

Todas as vendas realizadas na empresa, podem ser analisadas pelos compradores e caso, não estejam de acordo com o pedido de compra deles, ocorrerá a devolução, desta forma faz-se necessário a entrada desta nota, caracterizada como devolução de venda, o sistema gerencia de forma automática sugerindo os dados da nota faturada com a opção de devolução, exclusão ou manter situação atual da duplicata enviada.

  • Entradas de Contas de Consumo 

Todas as nota de contas de consumo da empresa podem ser inseridas e provisionadas através das entradas de contas tipificadas  como consumo, exemplo: contas de água, telefone, luz, etc.

  • Entradas para Beneficiamento Interno

As empresas que trabalham beneficiando produtos de outra empresa, as entradas são controladas de forma diferenciada, pois os produtos são denominados como itens de terceiros, suas entradas terão controles especiais, para que haja fácil identificação para rastreamento interno e reenvio ao cliente.

  • Entradas de Serviço 

Todas as entradas de serviços prestadas são gerenciadas pela entrada de serviço, com os impostos referente a entrada do serviço.

  • Outras Entradas\Saídas de Notas 

O módulo E.L.P.R gerencia todas as entradas de Notas Fiscais, saídas de mostruário e devoluções, alimentando as integrações e oferecendo ao contador a praticidade em uma futura integração contábil e recolhimento de obrigações.

  • Cálculo de Custo Médio

A cada movimento que é realizado na entrada, a opção de custo médio sobre o valor de entrada é habilitada, mediante ao valor pago e a quantidade de entrada para que o controle ocorra de forma prática. Esta opção varia de acordo com a regra imposta pela empresa.

  • Cancelamento /Exclusão de Notas Fiscais 

Cancelamento de Nota Fiscal Eletrônica Para cancelar a Nota que foi emitida, o usuário deverá usar a rotina de Cancelamento de Notas Fiscais, com a opção de exclusão de duplicatas, estornar a duplicata ou pode manter a Duplicata, e quando reemitir a nota cancelada, não precisará emitir uma nova duplicata, esta rotina é muito usada quando ao emitir a Nota o usuário tenha inserido informações divergentes nas Notas.

  • Exclusão de Notas Fiscais Eletrônica 

A exclusão de números de Notas não será efetivada se a nota for de terceiros, mas a rotina é mantida para quando o usuário inserir os dados e não necessitar manter no sistema, ele exclui o registro criado e o número de Nota, possibilitando a reutilização do número de Nota.

  • Inutilização de Número de Nota Fiscais Eletrônica

Quando o usuário esquece de utilizar o número de Nota, ele pode Inutilizar este número junto a SEFAZ, pois desta forma fiscalmente o seu número registrará como números sequenciais.

  • Carta de Correção de Nota Fiscais Eletrônica 

Permite emitir a carta de correção, quando forem necessárias alterações por erros de preenchimento no registro e a emissão da Nota Fiscal já ter ocorrido, desde que o erro não seja: valor de imposto, alíquotas (%), diferença de preço, quantidade, valor da operação, dados cadastrais que impliquem mudança do remetente ou do destinatário, data de emissão e tudo o que está relacionado ao fiscal da empresa, pode ser usado a carta de correção para retificar dados.

Rotinas Principais

  •  Nota Fiscal de Importação 

Captura de XMl SISCOMEX

Para as empresas que trabalham com Notas de Importação o despachante pode enviar um arquivo em XML, para que o cliente importe, eliminando digitações de inserção dos dados para emitir a Nota de Importação. Com esta captura todas as adições e dados da D.I. (Declaração de Importação) também serão preenchidos automaticamente.

  • Nota Fiscal de Importação Manual

Com os impostos devidamente cadastrados e vinculados nas classii cações i scais, ao inserir o produto, automaticamente o sistema sugere os valores de impostos de acordo com as informações previamente cadastradas, mediante a quantidade e o valor unitário informado.

  • Nota Fiscal de Importação por Pedido de Compra 

Através da entrada o cliente insere o número do pedido de compra, sugerindo assim todas as informações que serão devidamente preenchidas e seus valores, caso houver a necessidade de serem alterados ou adicionados, o cliente terá a opção de inserir os dados para rateio.

  • Adição de Importação 

Os dados de impostos serão preenchidos no sistema, na chegada da D.I. (Declaração de Importação), se os impostos estiverem diferenciados na entrada da Nota, o usuário preencherá as informações de cada adição relacionado a D.I. e os valores serão rateados de acordo com o diferencial de cada NCM e calculado o valor para impressão da Nota Fiscal.

  • KANBAN

As empresas que trabalham com produção via processo KANBAN, controlam suas movimentações através de lotes inseridos nas entradas e são direcionados para seus determinados locais cadastrados no estoque como almoxarifados lógicos.

  • Rastreabilidade dos Produtos

complementar, que gerenciará os impostos e os valores que serão inseridos sobre o produto individual ou sobre o total da Nota.

  • Beneficiamento Externo Vinculado ao KANBAN

As empresas que trabalham com beneficiamento externo, ou seja, processo de produção realizado por outra empresa, para a finalização dos processos internos, pode gerenciar cada etapa da produção interna vinculando a etapa de KANBAN ao E.L.P.R., possibilitando criar pedidos de compras automaticamente.

  • Recebimentos de Pedido de Compras Parciais

Quando uma Nota Fiscal de Compra não possui a quantidade total solicitada no pedido de compra, este pedido de compra dará entrada parcial na empresa, neste caso, gera a necessidade de controle diferenciado informando ao pedido de compra que a entrada não foi quitada na sua totalidade.

  • Rateio de Despesas

Todas as despesas, fretes e valores adicionais, o sistema rateia sobre os produtos, desta forma é possível identii car detalhadamente os valores que compõe determinada Entrada ou Saída de Nota.

  • Nota Complementar de Impostos ou Valores 

Ao realizar a entrada de uma Nota e houver a necessidade de complementar impostos ou valores, terá a opção de Nota VISUAlIZA XMl Ao dar entrada ou saída de Nota, o usuário normalmente não lembra o número de DANFE, neste caso o sistema disponibiliza a ferramente de consulta do XML, possibilitando gerar a DANFE do pedido.

Consultas em tela:

  • Visualiza XML

Ao dar entrada ou saída de Nota, o usuário normalmente não lembra o número de DANFE, neste caso o sistema disponibiliza a ferramente de consulta do XML, possibilitando gerar a DANFE do pedido.

  • Auditoria do Sistema

Com a auditoria disponível, os gestores, poderão acompanhar todas as movimentações que ocorreram no E.L.P.R., contendo os nomes, horário e o que foi feito, sem a possibilidade dos usuários apagarem estas informações.

  • Consulta das Entradas de Notas

Todos os registros de entrada são mantidos no sistema, para consultá-los basta clicar no binóculo, consultar por emitente na própria tela de registros, número de Nota Fiscal ou criar relatórios personalizados padrão JOTEC para análises de registros de entradas.

  • Consulta a Saída de Notas

Todos os registros de saídas são mantidos no sistema, para consultá-los basta clicar no binóculo, por registros de saídas ou criar relatórios personalizados padrão JOTEC para análises de registros de saídas.

  • Consulta Notas de Consumo

Todos os registros de contas de consumo são mantidos no sistema, para consultá-los basta clicar no binóculo, consultar por emitente, número de documento ou por registro na própria tela de entradas de contas de consumo.

Geradores de Relatórios Padrão JOTEC

No módulo de geradores o cliente tem opção de criar relatórios personalizados de acordo com os dados a serem analisados, seguem alguns exemplos:

  • Relacionamento DE Produtos X Produto Emitente

O cliente visualiza quais produtos dos fornecedores deram a entrada e quais os relacionamentos foram criados nas entradas. 

  • Relatórios de Entradas

O cliente cria relatórios personalizados padrão JOTEC para analisar os registros de entradas, havendo possibilidade de i ltrar apenas algumas informações podendo também selecionar todos os filtros relacionados aos registros de entradas e após a criação de i ltros o mesmo pode ordenar a forma de visualização, como também poderá filtrar por CFOP.

  • Relatórios de Saída

O cliente cria relatórios personalizados padrão JOTEC para analisar os registros de saídas, havendo possibilidade de filtrar apenas algumas informações podendo também selecionar todos os filtros relacionados aos registros de saídas e após a criação de filtros o mesmo pode ordenar a forma de visualização, como também poderá filtrar por CFOP.

  • INTEGRAÇÃO COM OUTROS MÓDULOS
    • Estatísticas e Gráficos

    • Gestor

    • Compras

    • Fiscal

    • Estoque

    • Produção

    • Faturamento

    • Compras

    • Centro de custo

 ELPR

O ELPR (Estoque, Livros, Pagar e Receber) gerencia as entradas, facilitando a digitação de dados e integração com aos processos Fiscais, Gerenciais, Contábeis e também com os demais módulos do Sistema ERP Jotec.

As informações de entrada são totalmente relevantes para controle de estoque, financeiro-contábil, produção e os demais setores da empresa.

Com a gestão interna do software e exigência fiscal, as notas são recepcionadas e validadas junto á SEFAZ.

Principais processos :

  • Entradas de Notas Fiscais dos Fornecedores

É extremamente prática a entrada de Notas Fiscais dentro da empresa, com a opção de gestão das entradas de Notas Fiscais. De forma ágil, o usuário realiza a entrada do seu material, com opções de entradas através de pedidos de compra, entrada via arquivo XML e até mesmo entrada manual de Notas Fiscais.

  • Entradas de Notas por Captura VIA XML

Quando a Nota Fiscal é transmitida pelo fornecedor, automaticamente é emitido uma DANFE em arquivo PDF e um arquivo em formato XML. Este arquivo XML quando enviado para a empresa solicitante da compra, automatiza suas entradas de forma confiável e prática, pois ao dar entrada do arquivo XML, ele alimenta todos os campos obrigatórios da entrada, informações fiscais armazenando movimentações dos produtos com suas devidas rastreabilidades, possibilitando os relacionamentos entre código dos produtos do fornecedor e códigos de produtos internos.

  • Entradas de Notas por Pedidos de Compra

Quando a empresa emite um pedido de compra e o fornecedor não envia o arquivo XML para a entrada automática, o sistema oferece outro meio que automatiza os processos de entrada da Nota Fiscal, com o número do pedido de compra ele sugere todos os dados inseridos na compra, no momento da entrada.

  • Bloqueio de Entrada sem Pedido de Compra

Para clientes que trabalham com a regra de entrada de notas totalmente vinculados a pedidos de compras, o sistema disponibiliza uma trava que não permite que seja efetivada a entrada sem pedido de compra, caso a entrada for diferente da regra estabelecida, não será efetivada a mesma

  • Entrada de Notas Fiscais Manuais 

Para as empresas que não utilizam os processos de entrada por pedido de compra ou por captura via XML, o processo de entrada torna-se prático, pois ao inserir um dado de produto ele sugere dados previamente cadastrados. 

  • Devolução de Vendas 

Todas as vendas realizadas na empresa, podem ser analisadas pelos compradores e caso, não estejam de acordo com o pedido de compra deles, ocorrerá a devolução, desta forma faz-se necessário a entrada desta nota, caracterizada como devolução de venda, o sistema gerencia de forma automática sugerindo os dados da nota faturada com a opção de devolução, exclusão ou manter situação atual da duplicata enviada.

  • Entradas de Contas de Consumo 

Todas as nota de contas de consumo da empresa podem ser inseridas e provisionadas através das entradas de contas tipificadas  como consumo, exemplo: contas de água, telefone, luz, etc.

  • Entradas para Beneficiamento Interno

As empresas que trabalham beneficiando produtos de outra empresa, as entradas são controladas de forma diferenciada, pois os produtos são denominados como itens de terceiros, suas entradas terão controles especiais, para que haja fácil identificação para rastreamento interno e reenvio ao cliente.

  • Entradas de Serviço 

Todas as entradas de serviços prestadas são gerenciadas pela entrada de serviço, com os impostos referente a entrada do serviço.

  • Outras Entradas\Saídas de Notas 

O módulo E.L.P.R gerencia todas as entradas de Notas Fiscais, saídas de mostruário e devoluções, alimentando as integrações e oferecendo ao contador a praticidade em uma futura integração contábil e recolhimento de obrigações.

  • Cálculo de Custo Médio

A cada movimento que é realizado na entrada, a opção de custo médio sobre o valor de entrada é habilitada, mediante ao valor pago e a quantidade de entrada para que o controle ocorra de forma prática. Esta opção varia de acordo com a regra imposta pela empresa.

  • Cancelamento /Exclusão de Notas Fiscais 

Cancelamento de Nota Fiscal Eletrônica Para cancelar a Nota que foi emitida, o usuário deverá usar a rotina de Cancelamento de Notas Fiscais, com a opção de exclusão de duplicatas, estornar a duplicata ou pode manter a Duplicata, e quando reemitir a nota cancelada, não precisará emitir uma nova duplicata, esta rotina é muito usada quando ao emitir a Nota o usuário tenha inserido informações divergentes nas Notas.

  • Exclusão de Notas Fiscais Eletrônica 

A exclusão de números de Notas não será efetivada se a nota for de terceiros, mas a rotina é mantida para quando o usuário inserir os dados e não necessitar manter no sistema, ele exclui o registro criado e o número de Nota, possibilitando a reutilização do número de Nota.

  • Inutilização de Número de Nota Fiscais Eletrônica

Quando o usuário esquece de utilizar o número de Nota, ele pode Inutilizar este número junto a SEFAZ, pois desta forma fiscalmente o seu número registrará como números sequenciais.

  • Carta de Correção de Nota Fiscais Eletrônica 

Permite emitir a carta de correção, quando forem necessárias alterações por erros de preenchimento no registro e a emissão da Nota Fiscal já ter ocorrido, desde que o erro não seja: valor de imposto, alíquotas (%), diferença de preço, quantidade, valor da operação, dados cadastrais que impliquem mudança do remetente ou do destinatário, data de emissão e tudo o que está relacionado ao fiscal da empresa, pode ser usado a carta de correção para retificar dados.

  • Rotinas Principais Nota Fiscal de Importação 

Captura de XMl SISCOMEX Para as empresas que trabalham com Notas de Importação o despachante pode enviar um arquivo em XML, para que o cliente importe, eliminando digitações de inserção dos dados para emitir a Nota de Importação. Com esta captura todas as adições e dados da D.I. (Declaração de Importação) também serão preenchidos automaticamente.

  • Nota Fiscal de Importação Manual

Com os impostos devidamente cadastrados e vinculados nas classii cações i scais, ao inserir o produto, automaticamente o sistema sugere os valores de impostos de acordo com as informações previamente cadastradas, mediante a quantidade e o valor unitário informado.

  • Nota Fiscal de Importação por Pedido de Compra 

Através da entrada o cliente insere o número do pedido de compra, sugerindo assim todas as informações que serão devidamente preenchidas e seus valores, caso houver a necessidade de serem alterados ou adicionados, o cliente terá a opção de inserir os dados para rateio.

  • Adição de Importação 

Os dados de impostos serão preenchidos no sistema, na chegada da D.I. (Declaração de Importação), se os impostos estiverem diferenciados na entrada da Nota, o usuário preencherá as informações de cada adição relacionado a D.I. e os valores serão rateados de acordo com o diferencial de cada NCM e calculado o valor para impressão da Nota Fiscal.

  • KANBAN

As empresas que trabalham com produção via processo KANBAN, controlam suas movimentações através de lotes inseridos nas entradas e são direcionados para seus determinados locais cadastrados no estoque como almoxarifados lógicos.

  • Rastreabilidade dos Produtos

complementar, que gerenciará os impostos e os valores que serão inseridos sobre o produto individual ou sobre o total da Nota.

  • Beneficiamento Externo Vinculado ao KANBAN

As empresas que trabalham com beneficiamento externo, ou seja, processo de produção realizado por outra empresa, para a finalização dos processos internos, pode gerenciar cada etapa da produção interna vinculando a etapa de KANBAN ao E.L.P.R., possibilitando criar pedidos de compras automaticamente.

  • Recebimentos de Pedido de Compras Parciais

Quando uma Nota Fiscal de Compra não possui a quantidade total solicitada no pedido de compra, este pedido de compra dará entrada parcial na empresa, neste caso, gera a necessidade de controle diferenciado informando ao pedido de compra que a entrada não foi quitada na sua totalidade.

  • Rateio de Despesas

Todas as despesas, fretes e valores adicionais, o sistema rateia sobre os produtos, desta forma é possível identii car detalhadamente os valores que compõe determinada Entrada ou Saída de Nota.

  • Nota Complementar de Impostos ou Valores 

Ao realizar a entrada de uma Nota e houver a necessidade de complementar impostos ou valores, terá a opção de Nota VISUAlIZA XMl Ao dar entrada ou saída de Nota, o usuário normalmente não lembra o número de DANFE, neste caso o sistema disponibiliza a ferramente de consulta do XML, possibilitando gerar a DANFE do pedido.

  • Visualiza XMl

Ao dar entrada ou saída de Nota, o usuário normalmente não lembra o número de DANFE, neste caso o sistema disponibiliza a ferramente de consulta do XML, possibilitando gerar a DANFE do pedido.

  • Auditoria do Sistema

Com a auditoria disponível, os gestores, poderão acompanhar todas as movimentações que ocorreram no E.L.P.R., contendo os nomes, horário e o que foi feito, sem a possibilidade dos usuários apagarem estas informações.

  • Consulta das Entradas de Notas

Todos os registros de entrada são mantidos no sistema, para consultá-los basta clicar no binóculo, consultar por emitente na própria tela de registros, número de Nota Fiscal ou criar relatórios personalizados padrão JOTEC para análises de registros de entradas.

  • Consulta a Saída de Notas

Todos os registros de saídas são mantidos no sistema, para consultá-los basta clicar no binóculo, por registros de saídas ou criar relatórios personalizados padrão JOTEC para análises de registros de saídas.

  • Consulta Notas de Consumo

Todos os registros de contas de consumo são mantidos no sistema, para consultá-los basta clicar no binóculo, consultar por emitente, número de documento ou por registro na própria tela de entradas de contas de consumo. ELREDNFCC GERADORES DE RELATÓRIOS PADRÃO JOTEC No módulo de geradores o cliente tem opção de criar relatórios personalizados de acordo com os dados a serem analisados, seguem alguns exemplos: Relacionamento DE Produtos X Produto Emitente O cliente visualiza quais produtos dos fornecedores deram a entrada e quais os relacionamentos foram criados nas entradas. 

  • Relatórios de Entradas

O cliente cria relatórios personalizados padrão JOTEC para analisar os registros de entradas, havendo possibilidade de i ltrar apenas algumas informações podendo também selecionar todos os filtros relacionados aos registros de entradas e após a criação de i ltros o mesmo pode ordenar a forma de visualização, como também poderá filtrar por CFOP.

  • Relatórios de Saída

O cliente cria relatórios personalizados padrão JOTEC para analisar os registros de saídas, havendo possibilidade de filtrar apenas algumas informações podendo também selecionar todos os filtros relacionados aos registros de saídas e após a criação de filtros o mesmo pode ordenar a forma de visualização, como também poderá filtrar por CFOP.

  • INTEGRAÇÃO COM OUTROS MÓDULOS

Estatísticas e Gráficos

Gestor

Compras

Fiscal

Estoque

Produção

Faturamento

Compras

Centro de custo